Pular para o conteúdo
Home » Livros de Terror para Iniciantes

Livros de Terror para Iniciantes

Livros de Terror para Iniciantes

O universo literário é repleto de aventuras de todos os gêneros, sejam românticas, com muita ação, com muito drama, suspense e, é claro, muito terror!

Os livros dessa lista são os de lei para quem vai começar a explorar o gênero terror, para ir se familiarizando com esse tipo de leitura!

Leia também melhores livros de Terror

O iluminado- Stephen King

o iluminadoComprar na Amazon

Um grande sucesso do consagradíssimo Stephen King, terceiro romance publicado pelo escritor, o livro foi lançado em 1977 pela editora Companhia das Letras. O livro foi tão consagrado que até foi adaptado para filme no dia 25 de Dezembro de 1980, filme que também foi um ícone dos clássicos de terror lembrado até hoje! Trata-se de um terror psicológico e bem assustador!

O lugar ideal para iniciar um novo ciclo, foi assim que pensou  Jack Torrance assim que foi contratado para trabalhar   como zelador para o inverno. Ele se vê determinado em deixar para trás o alcoolismo,a fúria em excesso  e os frequentes fracassos.  Em um lugar coberto pela neve com a esposa e o filho, a única coisa que  Jack quer nesse momento é um pouco de paz para se dedicar à escrita.

Mas, quanto mais o inverno se aprofunda, o local incrível começa a parecer cada vez mais estranho… e sinistro. Forças do mal  estão habitando  o Overlook, e tentam tomar conta  de Danny Torrance, um garotinho com grandes poderes sobrenaturais.

Tomar conta do corpo do garotinho, porém, não será tão fácil. Então os espíritos decidem aproveitar-se  dos pontos fracos de seu pai…

Um dos livros mais horripilantes de todos os tempos, O iluminado é uma das obras mais lembradas e  aplaudidas do terror.

O exorcista- William Peter Blatty

O exorcista- William Peter BlattyComprar na Amazon

O Exorcista é um clássico de terror escrito pelo memorável escritor William Peter Blatty, este é o seu livro mais conhecido. Publicado pela editora estadunidense Harper and Row em 1971. Como todo grande sucesso esse também foi adaptado para filme, o filme é, foi e sempre será um dos melhores filmes do mundo! Todos se lembram de O Exorcista, todos tem uma mínima noção do que é este filme, até quem nunca o assistiu, ou nunca leu o livro! O filme foi inspirado em uma história real e conquistou dez indicações de um prêmio.

O livro conta a história de uma grande atriz e a sua filha de 12 anos, ambas moram juntas, e apesar de não estarem sempre juntas, são muito unidas e se amam muito! A mãe da garotinha é muito ocupada, vive em filmagens dos filmes que participa, afinal é uma atriz consagrada, e a filha acaba passando grande parte do seu tempo sozinha. Certo dia, a garotinha acaba “brincando” com o tabuleiro Ouija, porém sua mãe não se importa muito e acaba meio que ignorando, afinal para ela não passava de uma simples brincadeira de criança. Dali em diante, a menininha começa a mudar de comportamento, está cada dia mais agressiva, estressada e violenta, a mãe começa a ficar cada vez mais preocupada pois tudo está muito macabro, as coisas começam a mudar de lugar, os móveis começam a se mexer e a cama de sua filha começa a tremer desesperadamente. Então ela se vê sem saída, na verdade havia sim uma saída, chamar um exorcista!

O Exorcista, obra de horror,  tem meio que uma vibe  policial, quando o diretor de Chris, Burke Dennings, faleceu depois de cair das escadas  que fica próxima à residência das MacNeil. Vem então um investigador bastante determinado, que dá seu jeito para procurar resolver esse caso. A real é  que todos imaginam ter sido acidente, porém para esse investigador da polícia, o caso parece ser um homicídio. De certa maneira é um “descanso” da trama oficial da história. E foi muito bem trabalhado!

Em um determinado momento, somos apresentados ao jesuíta Damien Karras. Ele também é psiquiatra, e Chris o interpela, porque mesmo ele não fazendo parte de uma religião ou crença, a mãe de Rags já está muito angustiada. Ela ganhou  um livro sobre possessão demoníaca, e pode ser que aquilo  se encontra no quarto da filha, não é nada normal. É sim um ser anormal, o mal reinando o lugar.

O padre Karras não vive  uma fase fácil de sua vida. Ele está um pouco  em dúvida de sua fé, ele acaba  de perder sua mãe e vem tendo alguns sonhos horríveis… Realmente ele faz de tudo e um pouco mais para normalizar a situação de Reagan. Pois então! Evidências necessitavam  ser coletadas e analisadas para que um exorcismo fosse solicitado ao alto escalão da igreja.

O livro possui várias camadas, os personagens possuem histórias intensas e muito interessantes, cada enredo vale a pena ser analisado, todos os diálogos, todo o universo que o Blatty trás é surreal e fantástico! Vale muito a leitura!

Invasores de Corpos- Jack Finney

Invasores de Corpos- Jack Finney

Invasores de Corpos- Jack Finney

Comprar na Amazon

Publicado pela primeira vez em 1955, este livro deixou um marco na história da ficção científica, da famosa editora Darkside Books de Jack Finney, um dos memoráveis escritores, é conhecido por seus thrillers de ficção científica. Este livro deu origem ao filme com o mesmo nome de 1978.

Em uma agradável tarde em uma pequena cidade da Califórnia, o dr. Miles Bennell atende a um pedido de ajuda estranho: a paciente diz que seu tio está muito diferente, mudado, que alguma coisa possuiu seu corpo e mente. Após alguns dias, mais pessoas chegam ao consultório com o mesmo enredo, e o que antes estava sendo visto  como um delírio coletivo começa a ser levado a sério quando um corpo que parece ser  humano, mas sem traço algum de humanidade, é achado. A realidade sobre aquele ser vai muito além  do que Miles aprendeu na faculdade de medicina e, de maneira assustadora, ele vê seus vizinhos, amigos, família e pessoas queridas tendo seus corpos e mentes invadidas por uma ameaça invisível..

Sua trama horripilante e original e a construção da paranoia macabra desenvolveu  o livro em um clássico que até os  dias de hoje se conecta com muitas mentes e criações macabras da literatura e   sua habilidade é analisar  fortes emoções  de maneira discreta enquanto o horror só aumenta.

O Silêncio dos inocentes- Thomas Harris

8- O silêncio dos Inocentes Livro - Thomas Harris

8- O silêncio dos Inocentes Livro – Thomas Harris

Comprar na Amazon

Lançado dia 19 de Maio de 1988, um sucesso da editora Craig McKay, livro de Thomas Harris, um ícone, escritor e roteirista norte-americano, mais conhecido por sua série de seu conhecidíssimo personagem, Hannibal! Este livro é uma das obras desta série, um verdadeiro canibalismo literário. Também foi uma obra adaptada para filme, se o livro já foi um grande sucesso, com o filme não seria diferente, esta trama venceu cinco estatuetas do Oscar, incluindo a de melhor roteiro, lançado no dia 17 de Maio de 1991.

Clarice Starling é uma agente que está em treinamento na academia do FBI e acaba em um  caso de assassinatos cruéis enquanto precisa entrevistar Hannibal Lecter, um psiquiatra genial que está preso por matar e devorar suas vítimas.

O Silêncio dos Inocentes foi lançado em 2019 pela Editora Record e contém 360 páginas.

Thomas Harris inicia seu livro muito bem, lidando não só com um assassino em série que está por aí matando e outro preso manipulando ao seu bel prazer, mas também com tramas como assédio, machismo, retaliação e o fato de botarem tanta fé na protagonista por ser mulher. O enredo é complexo, suavemente episódico e se sai bem com algumas digressões pontuais e cenas de aflição pesadas e cheia de detalhes. O terror realista e os momentos de tensão dão muito certo, servem para surpreender  e trazer a todos o sentimento de perigo tanto de Buffalo Bill, o assassino que está a solta, quanto de Hannibal Lecter. E tudo isso bem apresentado e muito bem desenvolvido durante apenas metade do conflito da história.

Apesar de ser um vilão, Hannibal é muito querido e considerado genial por muitos fãs da série de livros de Thomas Harris, o personagem com mais personalidade, mais legível e ícone do livro.  Já a protagonista, Clarice Starling é muito forte, mas ao mesmo tempo traz consigo  alguns demônios próprios que dão a esta mulher  uma vibe de igual vulnerabilidade. Tendo excelentes camadas  consegue desenvolver bem os sentimentos de pró-atividade,medo, intensidade e às vezes até frieza de Clarisse colabora  muito  com o desenvolvimento  da história de uma forma quase sempre real, com alguns pequenos escorregões. Isso coopera  sempre para ter  tensão pelas prováveis  próximas vítimas e uma certa paquera com o lirismo nos pensamentos  de Clarice  sobre ser mulher no meio de um universo cruel, cujo os homens decidem as boas e más decisões morais.  Essa conexão  com as vítimas é quase epigráfica e Harris conseguiu tornar isso algo emocionante. Tem todo o enredo de desenvolvimento de Clarice tornar-se inferencial  em algum  momento do livro, mas na verdade  o autor não sente uma extrema necessidade de fazer a personagem se provar para o público. E isso faz parte da ideia direta do conceito da Agente Clarice.

A Última Vítima- Dan Barton

A Última Vítima- Dan Barton

A Última Vítima- Dan Barton

Comprar na Amazon

Literatura estrangeira do falecido autor e ator  Dan Barton, publicada em 1988 pela editora Nova Cultural! A última vítima é, entre muitos outros, um livro com enredos surreais e assustadores que se iniciavam nos anos 80, enredos que juntavam temas para atrair mais leitores, nesse caso o terror com suspense policial. É a história de um psicopata perturbado por uma banshee, um tipo de espírito maligno que chega aos berros para todos aqueles que a morte está prestes a chegar, os porquês ainda são um mistério, mas sua maneira é cruel, as vítimas são enterradas vivas e sofrem até o fim de suas vidas. Um terror macabro e em certos momentos agoniante! Dan Barton representou este cenário aterrorizante, ele deu o seu nome! Embora a obra não seja TÃO conhecida, ela é muito bem construída e muito clássica!

Conflito Final- A Última Profecia- Gordon McGill

Conflito Final- A Última Profecia- Gordon McGill

Comprar na Amazon

Último livro da trilogia “A Profecia”, adaptado a partir do roteiro de Andrew Birkin por Gordon McGill em 1988. Essa conclusão da saga traz Damien adulto colocando em ação seus planos de dominação do mundo. O Livro segue à risca o filme, de modo que o próprio Andrew Birkin poderia ter escrito a obra, afinal é realmente muito fiel! O cenário é bem sombrio, dando continuação e finalização aos conflitos emocionantes da trilogia, a trama de Damian é muito bem desenvolvida, o rapaz, agora crescido, está redondamente determinado a pôr em prática todos os seus planos a favor do anticristo e da dominação do mundo! E quem for contra ou esboçar qualquer tipo de contradição, se arrependerá amargamente até o último momento! O livro é uma trama com sangria, mutilações, mortes e muito mais dentro de um ambiente tenso e macabro!

Livro Terra Faminta- Andrew Michael

Livro Terra Faminta- Andrew Michael

Comprar na Amazon

Lançado em maio deste ano por Andrew Michael, o livro narra a história do casal Juliette e Richard, que estão passando por uma fase muito conturbada, não só no relacionamento, como na vida em si, pois o seu filhinho de cinco anos morreu faz seis meses e o casal está lidando com uma grande dificuldade em relação a essa perda, os dois estão sofrendo bastante com isso tudo! E o que deixou tudo mais difícil para ambos, foi o fato de que seu filho estava agindo de uma maneira muito agressiva com assuntos violentos de uma forma que eles não o reconheciam, antes do mesmo morrer.

Desta forma a morte do garoto mudou completamente a vida de seus pais, fazendo com que eles vivessem de forma automática e expressando o trauma em seus olhares, a Juliette não sai mais de casa e passa os dias fazendo filmagens no quarto do filho, a espera de  arranjar provas de que ele ainda está por lá. Enquanto isso, Richard tenta de todas as formas  não lembrar do menino e foca toda a sua atenção para o terreno que há no outro lado da rua e que escava cautelosamente, em busca de resquícios de um carvalho lendário. Aterrorizados por um presente difícil e angustiante demais e uma esperança interrompida de futuro, os dois são desafiados pela peculiaridade e pela solidão de um local que agora é repleto de sofrimento.

Por um lado, o luto da criança  deixa cada vez mais explícita a lonjura que os distancia; por outro, eles procuram  loucamente um pouco  de esperança, só para  para trazer à tona um terror profundo. Com o expendido dom de inventar  um mundo resumido pelo estranho, em Terra faminta Andrew Michael Hurley combina perfeitamente o impecável com  a selvageria da natureza e explicações  capazes de transmitirem horror. Nesse conto inquietante, o surreal e a vida normal se misturam, inventando  um retrato horroroso do que ocorre entre a dor e a sanidade. Esta obra  chegou no Brasil em uma edição luxuosa, com ilustrações originais  do artista alagoano Midrusa e capa dura.

Livro Uma Mulher no Escuro- Raphael Montes

Livro Uma Mulher no Escuro- Raphael Montes

Livro Uma Mulher no Escuro- Raphael Montes

Comprar na Amazon

Lançado em 31 de maio de 2019, “Uma Mulher no Escuro” é um romance policial, um thriller psicológico, de autoria de Raphael Montes, um consagrado escritor e roteirista, consagrado dentro da literatura policial, como o famoso livro(adaptado para série) “Bom Dia, Verônica”. Raphael já vendeu cerca de 100 mil cópias no Brasil e suas obras foram traduzidas para 10 idiomas.

Um assassinato, uma única sobrevivente e a volta calculada do cereal killer! Victoria Bravo estava com quatro anos quando um rapaz estranho entrou em sua casa e assassinou  sua família, esfaqueada, pichando seus rostos com tinta preta. Sendo assim a única sobrevivente, Victoria agora é uma jovem sozinha e fechada, que tem pesadelos todas as noites e muita dificuldade para se relacionar com outras pessoas. Seu único refúgio é a sua casa, onde costuma observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro.

Porém o seu passado volta à tona, e ela fica confusa, sem saber  em quem  confiar, ela então se vê na obrigação de enfrentar sua própria tragédia, Victoria embarca em um caminho de transformação, amadurecimento e descoberta que a levará a lugares obscuros, mas também irá revelar as possibilidades do amor. Um psiquiatra, uma amizade feita pela internet e um possível romance — qual dos três rapazes está utilizando tudo o que descobriu para infernizar a vida de Victoria?E o que  ele pode  querer com a menina? Na literatura criminal, Raphael Montes é um ícone quando trata-se de obras de suspense. “Uma Mulher no Escuro” trará a  sua primeira protagonista feminina e afirma  o autor como um dos mais lendários da atualidade, além de intrigar o leitor  do início ao fim.

Com certeza, o fator psicológico é significativo  na história, em um  sentido de que Victoria está com o psicológico comprometido por conta  do pesadelo que teve o desprazer de viver. Grande parte  desses problemas da história são sobre  os que a protagonista vive em si mesma, fazendo com que ela seja alguém com contornos mais delineados. Então, o enredo, na verdade, é policial, e a protagonista nos  conduz às investigações sobre o assassinato da sua família. É Victoria que decide ir atrás das pistas, porque sente em si  mesma a necessidade de entender o que ocorreu  nos anos anteriores, da mesma forma que precisa saber se, agora, ela está ou não a salva.

O livro ganhou o Prêmio Jabuti  como o melhor romance de entretenimento de 2020. O Prêmio Jabuti  é uma tradicional premiação literária Brasileira, dada pela Câmara Brasileira do Livro, criada e idealizada em 1959 por Edgard Cavalheiro, um escritor falecido que foi biógrafo de Monteiro Lobato.

Livro Medo imortal

Livro Medo imortal

Livro Medo imortal

Comprar na Amazon

Uma antologia, com a autoria de de Afonso Arinos, Afonso Celso, Aluisio de Azevedo, Álvares de Azevedo, Bernardo Guimarães, Coelho Neto, Fagundes Varela, Humberto de Campos, Inglês de Sousa, João do Rio, Julia Lopes de Almeida, Machado de Assis e Medeiros e Albuquerque, a obra “Medo Imortal” é tão única e especial, que nos traz diversos autores consagrados da literatura clássica e membros da acadêmia brasileira de letras. São diversos contos, cada um escrito por um autor diferente, e traz um toque de horror em cada um deles, esta obra é a mais nova integrante da coleção do medo da Darkside Books.

A introdução do livro já nos traz uma breve apresentação de cada um dos escritores, nos apresentam do profissional ao pessoal de cada um deles, nela conhecemos um pouco sobre a essência de cada autor e de suas obras de acordo com o contexto da época em que viviam, então enquanto vamos lendo, vamos percebendo o cenário da antiguidade, um cenário mais clássico, alguns dos contos (se não a maioria) nos deixam um pouco angustiados e indignados de como as coisas funcionavam na época em que ocorriam as narrativas, elas trazem bastante violência, submissão e feminicídio, e contextos muito diferentes da época em que vivemos, resumidamente, este livro inteiro o deixará chocado(a).

Medo Imortal traz  inicialmente  seis textos de Machado de Assis, um dos fundadores e o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras. Em unanimidade   considerado o maior de nossos escritores, Machado de Assis já escreveu romances, contos, poesias e crônicas, e acham que ele deixou o horror passar batido? De jeito nenhum!  Um de seus romances mais consagrados, Memórias Póstumas de Brás Cubas, como  lembra Romeu Martins na introdução ao autor, a narrativa é feita por um defunto e mesmo que não seja reconhecido como um conto  de horror, já mostra  o quanto Machado tem a dizer sobre o  sobrenatural. É importante apontar que grande  parte do universo sobrenatural escrito por Machado de Assis foi publicado no Jornal das Famílias, que foi  fundado em 1863, voltado para o público feminino e que punha, lado a lado, dicas de tricô e crochê com as enredos criados por Machado, estas cheias de canibais, esqueletos e diversos arrepios. É desta forma que Machado de Assis publicou “A Igreja do Diabo“, de 1884, e “Um Esqueleto”, de 1875.

Medo Imortal também traz  “Noite na Taverna”, escrito pelo ultra romântico Álvares de Azevedo, este conto  narra, em capítulos, as desaventuras tenebrosas e surreais de um grupo de amigos. Em sete partes, Azevedo entra em um enredo de horrores e escatologia, onde cada um dos amigos tem uma história  mais bizarra  do que a outra para narrar até chegar em uma finalização surpreendente. Dos renomados do Brasil vieram outras histórias prediletas: Inglês de Souza narrará em “O Gado do Valha-me Deus” a saga de dois amigos a procura de gado perdido apenas para acharem situações que ninguém saberia explicar; em “Acauã”, um enredo inspirado na popularidade  do gavião acauã, pássaro natural da região Norte do Brasil, o autor narra a história da coitada Aninha e seu pai, Jerônimo Ferreira; e em “O Baile do Judeu”, nós vamos acompanhando uma dança intensa  que junta  um horror tétrico, horroroso  e cheio de tristeza.

Um dos textos prediletos da galera,  de toda a antologia claramente é “Demônios”, de Aluísio de Azevedo. Famoso  por histórias como O Mulato, de 1881, e O Cortiço, de 1890, o autor naturalista embarca em um mundo incrível, com diversas bizarrices em seu enredo sobrenatural, mudando  o sempre acalorado Rio de Janeiro, de maneira inacreditável, para um mundo das trevas e quietude assustadora. Em “Demônios”, escrito como folhetim e publicado no jornal Gazeta de Notícias em 1891, nós vamos acompanhar um jovem que desperta em um universo muito escuro e estranho. Não existe ninguém, além dele, na cidade, e as trevas se espalham por tudo ao redor. A história de Aluísio de Azevedo consegue fazer  com que o leitor sinta a adrenalina e o desespero se espalhando e tomando  conta do personagem que corre  pelo Rio de Janeiro quase às cegas à procura  de sua noiva, com a expectativa de que ao menos ela esteja viva em meio ao estranho fenômeno que tirou  a vida e a luz da cidade. Os onze capítulos que formam “Demônios” são horripilantes, tensos e cheios de bizarrices, de uma forma que só uma história de terror é capaz de ser.

Um outro conto predileto, “O Monstro”, do maranhense Humberto de Campos, é uma história que em duas simplórias  páginas de frente e verso consegue inventar  todo um mundo em que a “Morte e a Dor” andam lado a lado, às margens do Rio Eufrates enquanto  a criação da Terra dá vida a uma criatura que não deveria existir. Os temas trazidos pelos autores presentes em Medo Imortal são os mais diversos, mas os arrepios são garantidos em cada um de seus enredos— nem sempre por medo certamente dito, mas por coisas bizarras e únicas  que só os verdadeiros ícones  da literatura poderiam trazer. Demônios, espíritos, esqueletos, mortos-vivos, a morte… não tem nenhuma trama  que não tenha sido contada  de forma ímpar por esses treze escritores.

Júlia Lopes de Almeida foi uma das escritoras mais publicadas da Primeira República, época que engloba os anos de 1889 a 1930, com uma carreira esplêndida que trazia romances, contos, crônicas, ensaios, peças de teatro e livros infantis. A autora defendia com unhas e dentes  a abolição da escravatura e era desafiadora ao  escrever — e publicar — sobre, em uma época em que das mulheres era esperado que elas  apenas se preocupassem com a vida doméstica e com os cuidados dos seus  filhos. No decorrer de quarenta anos, Júlia foi considerada um fenômeno de público e crítica, algumas pessoas também fizeram a comparação dela  com  José Veríssimo a Machado de Assis e Aluísio de Azevedo por sua grandeza literária.

Medo Imortal é uma obra  preciosa e imprevisível  para quem tem o desejo de  conhecer um outro lado dos imortais aqui eternizados e suas tramas de terror e sobrenatural juntam-se  facilmente com escritos  de escritores de outros países  como H.P Lovecraft e H.G. Wells. Junto a essa produção perfeita está, com certeza, a busca significativa da importância de Júlia Lopes de Almeida na criação da Academia Brasileira de Letras e seu trabalho inspirador, que ficará eternizado ao lado de quem recusou  espaço a ela. A edição da DarkSide Books reescreve com a  dedicação  de sempre — capa dura, folhas com laterais douradas, e os tons em verde e dourado completam o brasão que decora o livro, trazendo  as cores do fardão acadêmico que é usado  até os dias de hoje pelos imortais da ABL.

Livro Terror a bordo- 17 histórias a bordo

Livro Terror a bordo- 17 histórias a bordo

Livro Terror a bordo- 17 histórias a bordo

Comprar na Amazon

A antologia Terror a Bordo, é editada e organizada pelos lendários  Stephen King e Bev Vincent, trata-se de uma obra que tem como missão escolher  e nos  trazer histórias que abordam, de certa forma, o horror  de estar entre as alturas,voando. As tramas prezam  pela diversidade e imaginação estranha  de cada escritor, e faz  com que a obra seja também diversa dentro do seu tema, juntando contos de horror, suspense e ficção científica.

Grande parte das histórias não são originais, ou seja, não foram escritas particularmente para fazer composição a  essa antologia. Porém, ainda assim, acabaram sendo o primeiro contato de muitos leitores, seja com o escritor ou com a própria trama. Stephen King e Bev Vincent foram muito cuidadosos ao selecionar escritores consagrados, alguns já reconhecidos pelo público fã dos gêneros dessa proposta, sem a exclusão da qualidade de cada conto.

Leia também Livros de Terror Psicológico

Em Terror a Bordo quem está lendo deve se preparar para se deparar com  tramas  que irão  de viagem do tempo à guerras mundiais; de poderes psíquicos a monstros inexplicáveis. Então, fiquem sabendo que a antologia traz os acontecimentos  mais bizarros  para desvendar – e explorar – no medo de voar e no medo do que pode haver de estranho habitando os céus.

A antologia se inicia  com o conto A Carga, de E. Michael Lewis, que narra coisas estranhas  que acontecem  em um voo, onde a carga são caixões com corpos esmorecidos  dentro. Logo após O Horror das Alturas, de Arthur Conan Doyle, narra sobre a experiência  de Joyce-Armstrong que queria quebrar o recorde de altitude em um voo para saber  o que havia acima das nuvens.

Em Pesadelo a Vinte Mil Pés, de Richard Matheson, um dos melhores contos  do livro, nós conhecemos Wilson, um homem que acaba delirando  ao ver uma coisa bem  bizarra a  rastejar na asa do avião em pleno voo. Já em A Máquina Voadora, de Ambrose Bierce, a história  mais curta da antologia, vamos conhecer um pouco mais sobre a criação da primeira máquina voadora.

Lúcifer!, de E.C. Tubb, traz  um protagonista chamado Frank que usurpa um anel visivelmente sem valor, mas que depois acaba descobrindo uma vantagem causada pelo objeto. A Quinta Categoria, de Tom Bissell, traz John, um personagem perdido que desperta  dentro de um avião vazio, sem entender  para onde foram os outros passageiros.

Em Dois Minutos e Quarenta e Cinco Segundos, de Dan Simmons, conheceremos Roger Colvin, um rapaz  que não é muito fã de viajar de avião, mas que se deixa levar  pelo entusiasmo dos parceiros de trabalho. Em Diablitos, de Cody Goodfellow, presenciaremos a usurpação de Ryan Rayburn III e a tentativa do criminoso em levar uma raridade em uma viagem de avião, o que acarreta em um desastre um tanto lindo de se ver, digamos assim.

Chegamos em Ataque Aéreo, de John Varley, que é um conto de ficção científica bastante confuso a princípio, mas com um desfecho surpreendente. E logo a seguir temos o conto inédito Vocês Estão Liberados, de Joe Hill, o qual também se tornou um dos meus preferidos por trazer personagens completos em uma história mais curta. Nesse teremos o ponto de vista de vários passageiros enquanto uma guerra é iniciada nos céus.

Em Pássaros de Guerra, de David J. Schow, temos a visão de um senhor, o sr. Jorgensen, falando sobre um fato bizarro e misterioso enquanto voava durante a guerra. Já em A Máquina Voadora, de Ray Bradbury, vamos presenciar, uma outra vez, a invenção de uma certa coisa que pode fazer com que o homem voe pelos céus.

Zumbis a Bordo, de Bev Vincent, trará um grupo de sobreviventes que tentam escapar de uma cidade repleta por zumbis, tendo uma conclusão  que nos deixa aquela vontade de pedir bis. Eles Não Vão Envelhecer, de Roald Dahl, traz três amigos, Stag, Fin e o narrador-personagem, em um campo de batalha contra os franceses quando uma coisa inesperada  – e peculiar– acontece com um deles.

Assassinato nas Alturas, de Peter Tremayne, tem um suspense na melhor vibe  Agatha Christie, traz um mistério ao a respeito da morte de um passageiro de renome durante um voo. O Especialista em Turbulência, história  original de Stephen King, traz Craig Dixon, um menino que é entendedor  de turbulências. Mas para descobrir o que isso significa, terá de ler o conto, que também é um dos mais queridos.

A antologia tem o desfecho  com o poema Caindo, de James L. Dickey, onde através de um assunto poético e ritmado somos conduzidos aos céus acompanhado de uma aeromoça que está em queda livre de um avião. O mais surpreendente dessa trama é descobrirmos que o mesmo ocorreu na vida real com uma moça, a qual sobreviveu a queda de supetão , mas, claro, sem alguns devaneios que o autor descreveu.

Livro Amigo Imaginário- Stephen Chbosky

Livro Amigo Imaginário- Stephen Chbosky

Livro Amigo Imaginário- Stephen Chbosky

Comprar na Amazon

Uma obra aterrorizante do escritor, roteirista e diretor Stephen Chbosky, que disponibilizou diversos sucessos literários e cinematográficos como As Vantagens de ser Invisível, O extraordinário, The Perks of Being a Wallflower, Rent e, é claro, Amigo Imaginário. Publicado pela primeira vez no dia 1 de Outubro de 2019, pela editora Grand Central Publishing. Chbosky traz em sua obra a clássica trama do “amigo imaginário”, só que esta não é uma história fofa e infantil como a que nos contavam quando menores, essa não é uma história de uma amizade linda de um amiguinho imaginário que brinca com você na infância, muito pelo contrário!

Kate Reese está em fuga, motivada  a recomeçar uma nova vida  para ela e para o seu filho Christopher, ela deixa para trás uma relação tóxica e foge  no meio da noite com o seu filho junto. Eles se sentem atraídos pela adorável comunidade de Mill Grove, na Pensilvânia, uma cidade pequena, longe de tudo e de todos, há apenas  uma estrada de acesso. A propósito, Mill Grove aparenta ser  o lugar ideal para ambos  se instalarem, mas, Christopher acaba desaparecendo durante seis longos dias sem deixar nenhuma pista de onde pode estar. A aflição toma conta de Kate, e a polícia da cidadezinha inicia diversas buscas, determinados  a  descobrir onde pode estar o garotinho. Então uma certa noite, o garoto aparece de supetão, saindo de um bosque nos limites da cidade, sem nenhuma lesão, mas diferente. Christopher retorna com uma voz em sua mente  que somente ele consegue escutar, e com um objetivo claro que só  ele pode realizar: construir uma casinha na árvore no bosque da Mission Street antes do Natal; e se ele não fizer, sua mãe e todos os moradores da cidade  sofrerão as consequências.

O que mais chama a atenção no livro é o seu tamanho, são 700 páginas, e também pelo  fato de ser um grande autor consagrado, com diversas obras incríveis, autor de As Vantagens de ser Invisível que é uma obra muito popular. É um baita enredo com mais de setecentas páginas e por conta disso algumas pessoas pensam que a leitura irá  se arrastar por muito tempo se ela não conquistar o público. Não se trata de uma história leve não, vários  acontecimentos  macabros ocorrem com o Christopher, sem falar  que ele viveu certas  coisas  bem sérias, mas tudo é contado de uma maneira cautelosa como se você visse com seus próprios olhos, mesmo sendo um livro narrado  em terceira pessoa.

A relação  entre Kate e Christopher é muito leve e bonita, eles se amam um ao outro incondicionalmente e isso é muito claro de se ver ali que ambos seriam capazes de fazer qualquer coisa um pelo outro. O menino, mesmo sendo novinho, tem uma mínima ideia dos conflitos que sua mãe vive e de como ela sempre se dedica e  faz de tudo para  lhe dar uma vida mais decente e por conta disso ele sempre se esforça, o único porém é que ele fica um pouco receoso ao ter de ser o novo aluno em uma nova escola, já que nunca foi um garoto com muitos amigos, tinha somente  um, por conta de sua dificuldade em aprender. Fica claro  que ele é disléxico, já que quando tenta ler, tudo se embaralha em sua mente.

Mesmo com o bullying que Christopher vem a sofrer, ele consegue ótimos  amigos  na escola, e também um amigo imaginário que ele chega a  conhecer apenas como “moço bonzinho” que socorre  depois de  ficar seis dias perdido em um bosque da sua nova cidade. Absolutamente ninguém conhece esse moço e muito menos o  porquê dele ter salvado Christopher, a única coisa que todos sabem é que só o garotinho consegue vê-lo e se falar com ele. Ao decorrer  dessa bizarra amizade entre o garoto e esse “moço bonzinho”, tudo muda, ele vai precisar ajudá-lo  a construir  a  casinha  na árvore no meio do bosque onde ele desapareceu  para salvar ele, sua mãe e todos os outros da “mulher sibilante”, uma macabra criatura que mantém o moço como prisioneiro no mundo imaginário que é uma versão assombrosa do mundo real e que agora quer, também, dominar agora o lado de real.

Livro O Que Aconteceu com Annie- C.J. Tudor

Livro O Que Aconteceu com Annie- C.J. Tudor

Livro O Que Aconteceu com Annie- C.J. Tudor

Comprar na Amazon

Obra aterrorizante de autoria de C.J. Tudor, uma escritora inglesa que em 2019 ganhou o Barry Award de melhor primeiro romance com seu livro de estréia “O Homem de Giz”, desde então a escritora vem nos trazendo grandes sucessos literários para aproveitarmos, como o livro “O que Aconteceu com Annie”. Publicado em 15 de Maio de 2019 pela Editora Intrínseca, 1°Edição, a trama nos traz um suspense, com um ar sobrenatural, cheio de reviravoltas macabros. Vamos embarcar em uma viagem ao lugar mais escuro de um passado que quer ser esquecido! Uma leitura muito recomendada para quem está iniciando suas leituras sobrenaturais.

O vilarejo de Arnhill sempre trouxe  um ar repleto  de mistério, porém , isso nunca motivou os moradores a quererem se afastar  das redondezas, muito menos a velha mina de carvão que foi o cenário  de um terrível acidente. Em 1992, Joe Thorne passou por um horrível sufoco quando sua irmãzinha  pequena  Annie, de  8 anos, sumiu de repente de uma forma desconhecida. Isso tudo afetou sua mente e fez com que sua família ficasse  imensamente afetada.

Veja também Livros de Terror e Suspense

Quando Joe pensou que nada  seria capaz de superar a perda da irmã, algo improvável ocorreu. A menininha Annie voltou  para  casa de supetão como se nada houvesse  ocorrido. É nesse instante  que o pior pesadelo de Joe se inicia, sua irmãzinha está diferente, com comportamento mudado, não parece mais a mesma e os bizarros  acontecimentos que começam a acontecer desde a sua volta, apenas confirmam a tese  de Joe: algo muito estranho aconteceu com Annie.

O livro tem uma trama semelhante ao “Amigo Imaginário”, o desaparecimento, o retorno repentino, as mudanças de comportamento, o fato da garotinha e do garotinho guardar um grande mistério em torno do que possa ter acontecido durante o tempo em que ambos estavam “fora do mapa”.

Depois de 25 anos, Joe toma a decisão de voltar para  antiga cidade onde morava para desafiar velhos demônios. Para muitas pessoas isso aparenta ser  esquisito, ele voltar  para um cenário onde occoreu tanta desgraça na sua vida, porém Joe tem uma motivação: foi lhe enviado  um e-mail anônimo onde confirmava que tudo que Annie viveu e passou estava se repetindo. Então chega a hora da revelação dos segredos e temos uma narrativa acelerada, onde passado e presente se fundem. É aí que nos perguntamos, o que aconteceu com Annie?

Livro de terro para iniciante Assovie que Virei- M. R. James

Assovie que Virei- M. R. James

Assovie que Virei- M. R. James

 

Esse livro horripilante de M.R. James, é muito recomendado para se ler nas vésperas do dia de natal, por conta da tradição, causada pelo M.R. James e outros escritores, de contar histórias de terror no natal, afinal M.R. James é um gênio das obras de fantasmas, que são ainda mais famosos no Reino Unido!

Esta é a única obra do autor lançada no Brasil, obra que foi publicada originalmente em 1904 no Reino Unido, ele lançou a coletânea, algumas foram publicadas em revistas e jornais, porém esta aqui foi lançada especialmente para este livro. O título original “Assovie que eu irei até você meu rapaz” (tradução em inglês), este título é de um poema de 1793, do poeta  Robert Burns, então M.R James gostou muito da sonificação desta letra e decidiu colocá-la em seu livro.

Este conto tem todo uma atmosfera que é construída aos poucos, de maneira lúgubre, de maneira a conta- gotas  e o horror também é crescente. O protagonista é um professor de universidade, um rapaz jovem na casa dos trinta anos, é um professor muito renomado.

O conto se inicia em uma reunião de professores, e o protagonista está falando que irá tirar férias por um tempo, então ele vai para uma cidadezinha que é à beira de uma praia, ele vai se hospedar em um hotel gigantesco, muito pitoresco, que fica na beira desta praia, e um dos amigos amigos dele fala que perto deste hotel há um sítio arqueológico e esse sítio corresponde a um templo, a uma construção dos antigos templários, e incentiva o professor a dar uma olhada no local pra ele ver se acha alguma coisa interessante por lá, então o professor afirma que seguirá o conselho do amigo.

O rapaz então vai para o hotel passar o seu período de férias e aproveitar para melhorar suas habilidades no golfe, aproveitando que o lugar é cheio de campos. Ele acaba fazendo amizade com o dono do hotel, que avisa de início que o único quarto disponível era o com duas camas, mas ele diz que não se importa porque um amigo seu, também professor, estava indo a seu encontro e que o mesmo poderia ficar nesse mesmo quarto com ele. Enquanto curte suas férias, ele estuda e lê muito, em uma de suas caminhadas pela praia, vendo as paisagens, a vista do mar etc, ele então se lembra do que o seu amigo o aconselhou, ir até o sítio arqueológico!

Ao chegar no sítio, ele vê que o lugar está abandonado e que não há estrutura alguma para escavação, o que o deixa ainda mais curioso, mas ele deixa um pouco pra lá e volta a explorar o local, até o momento que encontra um recipiente, meio que enterrado na areia, e vê como se fosse um compartimento com um objeto dentro, que causará todo o horror desta história!

O livro foi tão bom, que foi adaptado duas vezes para a TV  britânica, a primeira vez em 1968 e a segunda em 2010.

Humanóides Extraterrestre- Henry Durrant

Os Humanoides Extraterrestres

Comprar na Amazon

Lançado em 1 de Janeiro de 1977  por Henry Durrant, um jornalista e ufólogo francês, “Humanóides Extraterrestre” foi seu último volume publicado. Em seu livro anterior sobre os OVNIs, Henry Durrant juntou teses irrefutáveis da materialidade tangível do que chamamos  de “disco voadores”. O fenômeno OVNI (discutível) se tornou real OVNI. Nesta recente  obra, o autor responde à questão muito natural: quem pilota (ou telecomanda) os OVNIs? Porque, na real, há

uma ou mais inteligência de origem iraniana, isto é, celeste, que se manifestam em nosso céu e no nosso planeta por meio dos OVNI e por seres de estrutura geralmente humanóide. Esses diferentes tipos de uranianos vão desde o “homem” geralmente constituído e, frequentemente, muito, até ao robô de aspecto metálico e mecanizado por inteiro, passando pelos anões e ciclopes, sem deixar de fora  os organismos biológicos mais ou menos cibernéticos. Você tem total certeza de que nunca viu um ser “extraterrestre”, que nunca esteve ao lado, mesmo sem o saber, de um uraniano? Você vai descobrir que as coisas são extremamente  diferentes depois de acabar  de ler esta incrível investigação sobre os humanóides extraterrestres. Da série Enigmas e Mistérios do Universo.

6 comentários em “Livros de Terror para Iniciantes”

  1. Avatar

    Nossa, Gabriela, muito obrigado por suas palavras sobre Medo Imortal! Gostei muito de sua leitura e da apreciação de seus contos favoritos na antologia. Obrigado mesmo 🙂

  2. Avatar

    I have read somewhere similar point of view and I totally agree with what you said. However, there are also some other things could be mentioned on this topic, but overall I like what you described.
    In this website there is also a lot of interesting and useful information:

    [url=http://www.tapuz.co.il/blogs/viewentry/7527718]שירותי ליווי בתל אביב[/url]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.